Principais Concursos Públicos para 2018: prepare-se!

Principais Concursos Públicos para 2018: prepare-se!

Confira 8 Concursos Federais previstos para 2018 e 8 dicas para se preparar

Guia de Bolso - 26 dez, 2017

Desde 2016, os concursos públicos federais estão suspensos. Mas, em outubro de 2017, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, informou que o governo federal deverá voltar a fazer concursos em 2018.

Aliás, ao que tudo indica, o próximo ano deverá ser farto em editais para contratação de servidores públicos. Muitos concurseiros de plantão já dizem, inclusive, que 2018 será o ano dos concursos. Uma previsão que é devida a vários fatores.

Primeiro porque, devido à suspensão, muitas vagas de servidores federais aposentados e afastados deixaram de ser repostas. Além disso, um levantamento do IPEA mostra que quase 2 milhões de servidores (federais, estaduais e municipais) já passam dos 50 anos de idade e deverão se aposentar nos próximos 10 anos.

Deve-se levar em conta também que, como se trata de um ano eleitoral, muitas contratações podem ser anunciadas por meio do lançamento de editais.

É claro que, segundo a legislação, não é possível fazer contratações de servidores dos três meses que antecedem o período eleitoral até a posse. Porém, da data do concurso até a contratação podem decorrer meses. Ou seja, as provas podem acontecer ainda em 2018.

Para confirmar essa suposição, basta saber que mais de 40 órgãos federais solicitaram autorização para realizar concursos públicos em 2018. Alguns, inclusive, já foram aprovados. Quer se preparar? Confira 8 dos principais concursos previstos para 2018:

 

1 – Agência Brasileira de Inteligência

O Concurso da ABIN já foi autorizado pelo Ministério do Planejamento. A Agência deverá lançar o edital já em janeiro de 2018. Confira as vagas, níveis e salários:

Oficial de Inteligência

  • Número de vagas: 220
  • Nível de formação: Nível superior em qualquer área
  • Salário: R$ 17.078,46

Oficial Técnico de Inteligência

  • Número de vagas: 60
  • Nível de formação: Formação superior em área específica contemplada no edital
  • Salário: R$ 15.770,74

Agente de Inteligência

  • Número de vagas: 20
  • Nível de formação: Nível médio
  • Salário: R$ 6.760,23

 

Dicas para se preparar

Não espere pelo edital. Comece já a estudar as matérias que costumam ser cobradas nos concursos da ABIN. Confira:

  • Atualidades
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Geografia Contemporânea
  • Legislação da área de Inteligência
  • Língua Portuguesa
  • Línguas Inglesa e Espanhola
  • Raciocínio Lógico
  • Redação

 

2 – Advocacia Geral da União

Em julho deste ano, a AGU divulgou por meio de sua assessoria de imprensa que o Ministério do Planejamento teria autorizado o preenchimento de 100 oportunidades no órgão. Porém, a autorização não foi publicada no diário oficial e o pedido da AGU – que era de concurso para 1.364 vagas – continua em tramitação no Ministério do Planejamento.

Além disso, segue em análise na Câmara dos Deputados o projeto de lei 6.788/2017 que, entre outras providências, cria 3.000 novas vagas na AGU, entre analistas e técnicos de apoio à atividade jurídica.

Assim, há grandes chances do concurso da AGU acontecer em 2018, com vagas para nível médio e superior, variando as remunerações, provavelmente, entre os R$ 4,1 mil e R$ 6,2 mil.

Dica para se preparar

Monte um plano de estudos por disciplina, dedicando mais tempo a aquelas que tem mais dificuldades, mas sem deixar de treinar as demais. Organize seu tempo e varie os métodos de estudo: assista aulas online, leia, resolva questões em simulados, resolva dúvidas em fóruns, etc.

 

3 – Banco Central

O Banco Central solicitou ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão a autorização de concurso para o preenchimento de 990 vagas, sendo 800 analistas, 150 técnicos e 40 procuradores.

O MPDG ainda não se manifestou sobre o pedido. Mas o concurso do Bacen já é um dos mais aguardados de 2018, com vagas de nível médio (técnicos) e superior (analistas e procuradores) e remunerações que variam de R$ 6.424,57 a R$ 19.197,67.

Dica para se preparar

O último concurso do Bacen para técnicos, analistas e procuradores, em 2013, incluiu provas objetivas e discursivas, além da avaliação de títulos no caso dos cargos de nível superior (analistas e procuradores).

Além das áreas do Direito, é importante estudar disciplinas e temas como: línguas portuguesa e inglesa, raciocínio lógico, sistema financeiro nacional, sistema de pagamento brasileiro, economia e assuntos internacionais.

 

4 – Ministério do Meio Ambiente

Também tramita no Ministério do Planejamento o pedido de autorização de concurso do Ministério do Meio Ambiente (MMA). A solicitação é para o preenchimento de 156 vagas: 118 de agentes administrativos (nível médio, com ganhos de R$ 4.170,72) e 38 de analistas (nível superior, com remuneração de R$ 7.760,45).

Dica para se preparar

Entre os conhecimentos básicos, língua portuguesa, noções de informática e matemática são fundamentais. Entre os conhecimentos específicos, costumam ser exigidas noções de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Relações Humanas e Gestão Administrativa.

 

5 – Ministério do Trabalho

Outro órgão federal que aguarda autorização do MPDG para realização de concurso público é o Ministério do Trabalho. Ao todo, são 2.595 vagas, sendo 1.163 agentes administrativos (nível médio) e outras 1.432 vagas de nível superior: 1.190 auditores-fiscais, 85 administradores, 34 arquivistas, 54 contadores, cinco engenheiros, cinco estatísticos, três sociólogos, 26 psicólogos, dez técnicos educacionais, dez técnicos em comunicação social e 12 economistas.

Dica para se preparar

É aconselhável ter noções de Administração Financeira e Orçamentário, de Gestão de Pessoas e de Direito Administrativo. Além disso, tendo entrado em vigor recentemente a Modernização da Lei Trabalhista, instituída pela Lei nº 1.467/2017, pode ser interessante debruçar-se sobre o assunto.

 

6 – Polícia Federal

A solicitação de concurso da PF já tramita pelo Ministério do Planejamento. Além disso, segundo o decreto 8.326/2014, o próprio Diretor Geral da PF pode autorizar o concurso caso o número de vagas seja superior a 5% do total de cargos.

Ou seja, é bem provável que o concurso da PF ocorra mesmo em 2018, oferecendo, conforme planejado, 600 vagas de escrivães, 600 de agentes da PF, 491 de delegados e 67 vagas de peritos. O concurso é ainda mais esperado por oferecer remunerações que variam de R$ 11 mil a R$ 30,9 mil.

Dica para se preparar

A seleção é feita em cinco etapas: provas objetiva e discursiva, exames de aptidão física, médico e psicológico. Por isso, além dos estudos teóricos e de treinar para responder às questões objetivas e discursivas, não se deve esquecer também do treinamento físico. São feitas provas de barra, corrida, natação e salto.

 

7 – Polícia Rodoviária Federal

Após ter um pedido de concurso negado pelo Ministério do Planejamento no ano passado, a PRF fez nova solicitação de autorização de concurso para o preenchimento de 1.300 vagas.

O MPDG deverá levar em conta que a PRF já tem déficit de 2.500 servidores e há previsão de outros 3.600 servidores do órgão aposentarem-se em breve. Assim, é bem provável que o concurso da PRF ocorra em 2018.

Dica para se preparar

As provas objetiva e discursiva incluem conhecimentos de: português; matemática; Ética; informática; Física; Direitos Constitucional, Administrativo, Penal e Processual; além de legislações específicas. Avaliações médica, física e psicológica também fazem parte da seleção.

 

8 – Receita Federal

No pedido de autorização para realização de concurso feito pelo Ministério da Fazenda ao MPDG constam 2.083 vagas para a Receita Federal, sendo 630 de auditores fiscais e 1.453 de analistas tributários, com remunerações que iniciam em R$ 11.132,21.

É possível que o Ministério do Planejamento não autorize todas as vagas solicitadas. Mas as previsões para o concurso da RFB mantêm-se fortes devido à alta de defasagem de servidores que o órgão já enfrenta.

Dica para se preparar

Direito Administrativo, Constitucional e Tributário constam entre os conhecimentos exigidos, além de Administração, Contabilidade, Legislação Tributária e Aduaneira e Comércio Internacional. Assista videoaulas, leia a teoria, treine com simulados e acredite em você.

 

Gostou do artigo? Tem algum comentário para compartilhar? Compartilhando e cooperando, a gente cresce. Aliás, você já conhece o maior Sistema Cooperativo Financeiro do Brasil, o Sicoob?

 

Leia Também

Comentários

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *