Ideia de Viagem: que tal visitar uma cooperativa?

Ideia de Viagem: que tal visitar uma cooperativa?

Degustação de vinhos, programas culturais e belas paisagens entram nesse roteiro

Vantagens da Cooperação - 28 dez, 2017

Já se programou para as férias de fim de ano? Já está pensando nos feriados de 2018? Em todo caso, uma ideia diferente e superinteressante de viagem é visitar uma cooperativa.

Imagine, por exemplo, poder degustar um dos melhores espumantes do mundo, visitar a vinícola onde ele é produzido, em meio a belas paisagens, e ainda descobrir mais sobre a história de todos os cooperados que juntam esforços para fazer a bebida aqui, em solo brasileiro.

Sim, visitar uma cooperativa pode ser uma experiência maravilhosa de viagem e cheia de aprendizados. Sem contar que os roteiros são variados. Quer ver?

Confira algumas sugestões de viagens para se divertir e entender melhor o espírito do cooperativismo:

 

Vinhos de cooperativas gaúchas e catarinenses estão entre os melhores do mundo

Foto: Bento Gonçalves RS / viagemeturismo.abril.com.br

 

Entre estradas bucólicas e parreirais, está Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha. Uma cidade de imigração italiana que é porta de entrada para o Vale dos Vinhedos.

Bem no centro da cidade, a maior vinícola é a Cooperativa Vinícola Aurora, que conta com um divertido tour, passando por túneis subterrâneos repletos de barricas de vinho e com direito a degustação de alguns produtos no final. A Cooperativa possui espumantes premiados e classificados entre os melhores do mundo.

A cidade ainda dá acesso a diversas outras vinícolas (como a Cooperativa Vinícola Garibaldi, na cidade vizinha), além de contar com excelentes galeterias e interessantes pontos históricos, como as ruínas de uma capela de 1876.

Outra opção de viagem enocultural é para a Serra Catarinense. Mais especificamente, para São Joaquim – terra das maçãs, do frio e de premiados vinhos finos de altitude.

Ótima oportunidade para visitar a Sanjo Cooperativa Agrícola de São Joaquim, que produz, além de vinhos, outras bebidas e frutas como goiabas, maçãs, uvas e mirtilos. Se for no inverno, aproveite também para curtir o frio da cidade ou, em abril, a Festa da Maçã.

 

Cultura, relaxamento e queijos finos da cooperativa agropecuária

Foto: The Spruce

 

Fundada por um grupo étnico-religioso menonita proveniente da cidade catarinense de Witmarsum, a Colônia Witmarsum fica a 60 km de Curitiba, no município de Palmeira, Paraná. Uma região que remete mesmo aos tempos da colônia, com seu ar bucólico e suas casas rurais com laguinhos na frente. Um convite à contemplação e ao relaxamento.

Na Colônia Witmarsum localiza-se também uma Cooperativa agropecuária com o mesmo nome, cujos cooperados produzem queijos finos e coloniais (como brie, camembert, ricota, emmental, raclette, entre outros), além de leite de alta qualidade e produtos de nutrição animal.   

O povoado em si já é um charme, com traços manifestos da cultura alemã na arquitetura, na culinária, no artesanato e no jeito do povo. Aos sábados, ainda acontece a feira do produtor da Colônia de Witmarsum, em que é possível adquirir produtos da cooperativa e outras delícias artesanais diversas, como pães, geléias e doces.

 

Roteiros para se aprofundar no cooperativismo

Se você quiser entender mais a fundo sobre o cooperativismo, também pode procurar por roteiros específicos ou entrar em contato diretamente com as cooperativas que deseja conhecer para checar a possibilidade de fazer uma visita guiada, por exemplo.

Digamos que você queira fundar uma cooperativa ou faça parte de uma cooperativa de primeiro setor e deseje visitar uma central cooperativa, para conhecer mais sobre sua história e seu funcionamento. Essa pode ser uma boa prática de intercooperação.

 

Conheça também as cooperativas de turismo e lazer

Quem prefere viagens de aventura, expedições e até viagens internacionais, não pode deixar de conhecer as cooperativas de turismo e lazer.

O cooperativismo de turismo e lazer é um dos 13 ramos que têm representação no Brasil. As cooperativas de turismo e lazer podem prestar serviços ligados ao agenciamento de viagens, hospedagens, programações, tours, além de outros serviços artísticos, de entretenimento e/ou de esportes.

No Paraná, há uma cooperativa do ramo, que oferece roteiros técnicos (de imersão cooperativa), roteiros por regiões com cooperativas e também roteiros de lazer e aventura. Vale a pena considerar essa opção.

 

Gostou do artigo? Tem algum comentário para compartilhar? Compartilhando e cooperando, a gente cresce. Aliás, você já conhece o maior Sistema Cooperativo Financeiro do Brasil, o Sicoob?

 

Capa: Photo by Maja Petric on Unsplash

Leia Também

Comentários

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *